Residência P.A.

Carapicuíba - SP, 1997 - 1998

+ INFO
|<     <

Montagem

Implantação

Térreo

Corte longitudinal

Corte transversal

Elevação leste

Elevação oeste

Memorial

Este pequeno pavilhão desenhado para um jovem casal de fotógrafos localiza-se nos arredores da área metropolitana de São Paulo, num terreno de 600 m2 densamente arborizado e delimitado ao norte por um lago. Dois volumes conectados e de composição e materiais contrapostos formam a estrutura básica da casa. Dispostos segundo um eixo longitudinal ao terreno e implantados de forma a não interferir no seu perfil natural, estes volumes tiram partido da grande cobertura vegetal existente no local, buscando estabelecer sua área de vivência no espaço compreendido entre o solo e as copas das árvores. O volume principal, um salão de 9.40 x 4.00 x 3.00 m, é delimitado por uma leve estrutura de madeira ( jatobá ) e fechado com painéis de policarbonato alveolar que, por suas qualidades de transparência, proporcionam uma interessante relação com o ambiente em torno. Esta pele translúcida cede à transparência do vidro em uma das quinas do volume, selecionando uma vista particular do lago. O salão, que caracteriza-se pela fluidez do espaço e pela particular qualidade de sua envoltória, tem a capacidade de incorporar a paisagem natural ao ambiente doméstico, diluindo a rigidez do tradicional domínio privado. Apenas uma cortina retrátil delimita ocasionalmente a área destinada ao dormitório, dando-lhe uma dimensão temporal. Uma rede modular de instalações sob o assoalho de piso completa a infraestrutura necessária a este espaço. Por razões construtivas e de composição, resolvemos que esta “caixa de luz” deveria estar solta do chão, apoiada sobre muros de alvenaria. Pela mesma razão, a cobertura, de telhas metálicas termoacústicas, constitui um  plano inclinado e solto por sobre o volume, que desta maneira mantém sua integridade formal. O bloco de serviços concentra os equipamentos e instalações da casa, como a cozinha, a lavanderia, o banheiro e os  reservatórios de água e de gás. Este volume, em tudo oposto ao primeiro e imaginado como uma pedra cravada no chão, nasce diretamente do solo com paredes grossas de alvenaria e protege o pavilhão principal do sol poente. Também de alvenaria e concreto são as bancadas da cozinha e do banheiro, assim como os armários e as divisórias internas. As poucas aberturas têm seu tamanho e localização determinadas conforme a função que desempenham, acentuando o caráter mais fechado e pesado deste volume. Os vários graus de transparência que caracterizam o fechamento do pavilhão, reagindo às variações de luz, natural ou artificial, propiciam distintas leituras do objeto arquitetônico. Ao mesmo tempo, as distorções e  ambigüidades geradas pelas chapas de policarbonato alveolar possibilitam uma percepção da paisagem que se altera a cada instante, revelando  efeitos luminosos e imagens transfiguradas que situam a casa entre a abstração e a figuração.

Ficha Técnica

Projeto

Residência P.A.

Local

Carapicuíba – SP

Ano de projeto

1997

Ano de conclusão

1998

Área construída

62.00m2

Equipe

Andrade Morettin Arquitetos

Colaboradores

José Silveira e José Alves

Fotos

Nelson Kon

Publicações

  • Interni, Moscou, Rússia, Mondadori, 2008
  • Monolito 2 | Andrade Morettin Arquitetos, São Paulo, Brasil, Editora Monolito, 2011
  • COLETIVO – Arquitetura Paulista contemporânea, São Paulo, Brasil, Cosac Naify, 2006
  • Barzón 10, Buenos Aires, Argentina, DONN, 2009
  • XXSmall Houses, Köln, Alemanha, Feierabend Unique Books, 2004
  • International Houses Atlas, Köln, Alemanha, Feierabend Unique Books, 2007
  • Case latinoamericane, Milão, Itália, Mondadori Electa, 2006
  • 30-60 Cuaderno Latinoamericano de Arquitectura 5, Buenos Aires, Argentina, I+P Editorial, 2005
  • Madeira como Estrutura: a história da ITA, São Paulo, Paralaxe, 2005
  • Ainda moderno? Arquitetura brasileira contemporânea, Brasil, Editora Nova Fronteira, 2005
  • Case in Vetro, Milão, Itália, Motta Editore, 2005
  • Panorama Emergente Ibero-Americano, Lima, Peru, Bienal Iberoamericana de Arquitetura, 2004
  • 25 Maisons en Bois, Paris, França, Groupe Le Moniteur, 2003
  • Abitare 421, Milão, Itália, Editrice Abitare Segesta, 2002
  • Projeto Design 263, São Paulo, Brasil, Arco Editorial, 2002
  • Projeto Design 251, São Paulo, Brasil, Arco Editorial, 2001
  • Finestra Brasil 16, São Paulo, Brasil, Pro Editores, 1999
  • Projeto Design 228, São Paulo, Brasil, Arco Editorial, 1999
  • A+U Architecture and Urbanism 345, Tóquio, Japão, A+U Publishing Co, 1999
  • Archicréé 293, Paris, França, Societé d’Edition et de Presse, 1999
  • MNM Minimalist Interiors, Barcelona, Espanha, LOFT Publications, 1999
  • Projeto Design 219, São Paulo, Brasil, Arco Editorial, 1998
  • AV Monografias 72, Madrid, Espanha, Arquitectura Viva, 1998
  • Jornal Arquitectos 203, Lisboa, Portugal, Ordem dos Arquitectos, 2001
  • Exceptional Houses, Brno, República Checa, Centrum Architektury, 2007
  • Escala: Arquitectura Latinoamericana 204, Bogotá, Colômbia, Editorial Escala, 2006